segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Convite para Beltane

Em Beltane celebramos a união da Deusa e do Deus, neste momento Ela é uma Bela Mulher e Ele, o Jovem Caçador. Beltane é o ponto alto do amor Deles, uma celebração da alegria, do poder do amor e da união, enriquecida pela beleza das flores e pelo fogo que aquece nossos corações. As fogueiras de Beltane são um marco neste ritual; e em nossa celebração acendemos duas fogueiras. Pulamos uma delas para banir energias negativas e pulamos a outra fogueira pedindo que energias positivas sejam atraídas para nossas vidas. Junto as toras de madeira colocadas nas fogueiras estão também nossos pedidos, entregues ao fogo de Bel para transformarem-se em realidade. Dançamos em torno de um mastro decorado com Flores e Fitas de cetim coloridas, entrelaçando a energia de nossos pedidos ao Casal Sagrado. Celebramos com uma bela e farta ceia e brindamos a nossa vida. Assim é para nós o Sabat de Beltane. Nós, da Tradição Trívia, celebramos a vida em Beltane e comemoramos o MEU aniversário nesta celebração. Então, eu convido a você a vir celebrar conosco e participar desta festa. Traga uma guirlanda de flores para ornar sua cabeça, ou uma guirlanda de louros. Traga fitas coloridas nas cores de seus desejos. Traga um prato de salgado ou doce para compor a Ceia. Traga seus pedidos para serem colocados nas fogueiras de Bel. Venha dançar conosco! Venha celebrar a vida! Venha celebrar o amor! Espero você nesta festa! Que o Casal Sagrado permita que você se una a nós nesta celebração! O nosso Beltane será celebrado em 1º de Novembro as 20h, no Templo de Adoração a Grande Mãe – Rua A Lote 22 Qd. 2B - Itapeba - Maricá - RJ. Informações: 7229-5044 (vivo) / 9209-4965 (claro) / 7850-5584 (Nextel)

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Abertura de Caminhos - Ritual

Ostara é o nome do Sabat no qual comemoramos a entrada da Primavera. Primavera é uma palavra derivada do latim e o seu significado é A PRIMEIRA VERDADE. Diz uma lenda muito antiga que no dia em que foi dita a primeira verdade na Terra, os Deuses para marcarem essa data, premiaram os homens com o nascimento das flores que ainda não existiam. No Equinócio de Primavera pela primeira vez no ano, noite e dia se fazem iguais. Essa é uma data de equilíbrio e reflexão. O inverno e os dias escuros se vão e a Terra está pronta para ser plantada. Nesta data a semente da vida é plantada no Ventre da Deusa, é o dia onde a Deusa e o Deus deixam de ser Mãe e Filho. Portanto este é um ritual de Fertilidade. Ostara é um Sabat dedicado a Deusa Eostre, cujo o símbolo é o coelho e ovos, foi deste antigo festival que teve origem a Páscoa. Templo de Adoração a Grande Mãe Rua A - lote 22 - quadra 2B Itapeba - Maricá - RJ Informações: (21) 7229-5044 / 9209-4965

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Acreditamos que todas as nossas dificuldades são derivadas de doenças que desenvolvemos. Não somente o nosso corpo físico adoece. Durante nossa vida enfrentamos várias doenças de tipos diferentes, entre elas doenças: físicas, psíquicas, emocionaias, materiais e espirituais. Para a cura da pobreza temos a prosperidade, para a cura do conflito temos a harmonia, para a cura física temos a saúde, para a depressão e tantas outras doenças emocionais temos o equilíbrio e a força, e para as doenças espirituais temos a libertação e o desenvolvimento espiritual. Através do Ritual de Cura, buscamos conscientizar o indivíduo a realizar mudanças necessárias para sua cura. E através da cura prânica e das práticas religiosas dos Antigos, buscamos restaurar a saúde em todos setores da vida.
Todo 1º domingo de cada mês, nos reunimos no Templo de Adoração a Grande Mãe para realizar um ritual em homenagem a Ceres, a Deusa dos Cereais, Senhora de Grande Prosperidade. Neste ritual realizamos uma linda magia de prosperidade que é levada para a casa de cada participante, levando as bênçãos da Deusa para cada lar. Esse é um momento de grandiosa força e poder, e você não pode deixar de participar deste ritual que tem trazido grandes bênçãos as nossas vidas. Venha participar e deixe Ceres entrar em sua vida! TEMPLO DE ADORAÇÃO A GRANDE MÃE Rua A lote 22 quadra 2B - Itapeba - Maricá *ônibus direto do Centro do Rio e de Niterói. Informações: (21) 9209-4965 (claro) - 7229-5044 (vivo) - 8668-2003 (OI) 7850-5584 (Nextel)

Lua Azul - A Lua da Abundância - Ritual

Chama-se LUA AZUL a segunda Lua Cheia num mesmo mês, ela está associada a ABUNDÂNCIA e a realização dos mais difíceis desejos. Esta é a Lua da Mãe das Mudanças, proporcionando as nossas vidas as mudanças necessárias para que possamos alcançar nossos objetivos. Na Tradição Trívia, acreditamos que este seja um momento de solicitar ao Universo a realização dos nossos mais grandiosos desejos. Junte-se a nós nesta celebração, favoreça sua vida com a energia poderosa desta Lunação.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Abertura de Caminhos - Ritual e Magia

No próximo domingo, dia 26 de agosto, as 17:30h, estaremos no Templo para realizar um grandioso RITUAL DE ABERTURA DE CAMINHOS. Juntos faremos uma poderosa magia, que tem a finalidade de retirar todos obstáculos que impede que cada um alcance seus objetivos, abrindo assim os caminhos do sucesso, da vitória e da realização. Você não pode perder! TEMPLO DE ADORAÇÃO A GRANDE MÃE Rua A lote 22 quadra 2B - Itapeba - Maricá *ônibus direto do Centro do Rio e de Niterói. Informações: (21) 9209-4965 (claro) - 7229-5044 (vivo) - 8668-2003 (OI) 7850-5584 (Nextel)

sexta-feira, 20 de julho de 2012

A partir da próxima semana estarei dando consultas com Tarô Cigano também no CENTRO de NITERÓI ! Feliz com o novo espaço de atendimento! AGENDE SUA CONSULTA ! contatos: 7850-5584 ID: 65*117839 (Nextel) 7229-5044 (Claro) 8668-2003 (OI) 7229-5044 (Vivo) Marque a sua consulta e traga um amigo e ganhe um super desconto.

terça-feira, 29 de maio de 2012

YULE (Solstício de Inverno) Entre 20/23 de Junho (hemisfério Sul) - entre 20/23 de dezembro (hemisfério Norte) Esse é o Solstício de Inverno, a noite mais longa do Ano. A partir desse dia, o Sol se aproxima da Terra, e a escuridão do inverno ameaça ir embora. É quando a Deusa dá à luz seu novo filho, o Deus renovado e forte, ainda bebê. É importante notar que no hemisfério Norte, Yule é comemorado na mesma época do Natal, e que tem um significado muito parecido com o do feriado Cristão: o nascimento do Deus menino, filho de um Deus maior, aquele que trará a esperança à Terra. O hábito de trazer pinheiros para dentro de casa é um hábito tradicionalmente pagão: o pinheiro, o azevinho, e tantas outras árvores tão utilizadas no Natal são árvores cujas folhas são perenes e sempre verdes, e por isso simbolizam a continuação da vida. Os sinos são símbolos femininos de fertilidade, e anunciam os espíritos que possam estar presentes. É interessante notar que a maioria dos feriados Cristãos tem alguma relação com os feriados Pagãos (por exemplo, Samhain, a noite de todas as almas, que se transformou em Noite de Todos os Santos), apesar de quase ninguém pensar sobre isso. Nós aqui no hemisfério sul, também celebremos o Yule em uma época propícia, na entrada do sol no signo de câncer, que é a própria referência a Mãe. As bruxas, às vezes, celebram o Yule um pouco antes de nascer do sol, e olham o sol se pondo como um final de seus esforços. Como o Deus é o Sol, isso marca o ponto do ano em que o Sol renasce. As bruxas acendem velas, ou fogueiras para dar boas vindas à luz do Sol. A Deusa, que trabalhou durante todo o inverno, descansa. No Yule, nós celebramos a volta do Sol, e a vida que ele traz. Em Yule trabalhamos nossas esperanças e expectativas. É o momento de renascer com a Criança da Promessa. Celebramos o renascimento e o desapego. Yule também é um tempo de regeneração e de mudanças, do recolhimento na total escuridão da alma, ou seja, o hibernar para renovar-se. Época ideal, para despertarmos nossa criança interior, renovando nossas esperanças e iniciando novos caminhos. As noites se tornam mais longas que o dia e o inverno por fim se estabelece. No mito da Roda do Ano, marca a luta entre o Rei do Azevinho e o Rei do Carvalho, representando a vitória da luz sobre a escuridão, período propício à meditação e à realização de amuletos voltados para a proteção. Em Yule, devemos ornamentar nosso altar com folhas de figueira, azevinho ou cipreste, além da tradicional árvore de Yule e elementos que lembrem o inverno. Acender algumas velas, as quais simbolizarão a esperança do retorno da luz. Honrando a Deusa no seu aspecto da Grande Mãe e o Deus como a criança da promessa. Vamos reverenciar a Deusa como a Mãe da Criança Prometida, a Mãe do Deus Sol, que nasce para trazer Luz ao mundo. Que com Ele renasça e cresça nossa luz interior! Venha celebrar YULE conosco!

Ritual de Prosperidade - Junho 2012

Domingo estaremos no Templo de Adoração a Grande Mãe, unidos no propósito de prosperar, crescer, vencer. Avante!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Sublimar

Um texto antigo que acabei de achar perdido nos meus arquivos... há alguns anos atrás me rendeu várias horas filosofando com a minha falecida amiga Swanne Lixa e com a Paty Bignon. Compartilho com os amigos. SUBLIMAR A palavra que tem me feito pensar no momento é SUBLIMAR, questionei algumas pessoas sobre o que entendiam do “ato de sublimar algo”, pois para mim sublimar sempre foi a atitude de tornar sublime um ato, algo, alguma coisa. Algumas pessoas disseram-me que entendiam sublimar como uma atitude do tipo “desprendimento”, quase uma “libertação”. Depois de perceber que esse papo parecia mais conversa de quem tinha puxado um dois e estava viajandona (tudo bem que esse papo foi dentro do carro e que a viagem era Itaipuaçu/Lapa, mas a viagem não era tão grande assim), resolvi recorrer ao dicionário: Sublimar (do Latim sublimar, elevar) verbo transitivo: erguer a grande altura; tornar sublime; exaltar; engrandecer; elevar à maior perfeição; fazer passar (um corpo) diretamente do estado sólido ao gasoso; purificar; fazer sublimação de; verbo reflexivo: atingir a maior perfeição possível; apurar-se; exaltar-se; engrandecer-se. Mas isso ia contra a formação da frase que eu havia ouvido de uma certa pessoa, ela havia me dito: “Eu ainda não sublimei determinados sentimentos a ponto de abrir mão de valores morais como o casamento.” Eu não vi nada de sublime em alguém dizer não a atitude de não querer ser amante de alguém, por não ter SUBLIMADO o casamento... oras, isso só podia estar errado, mas de uma certa forma algo em mim dizia que também poderia estar certo... Sublimar, sublimar, sublimar... qual mensagem subliminar estava por trás desta palavra? O que ela teria para me dizer neste momento? Resolvi ir mais a fundo nesta história e fui, encontrei na psicologia a resposta que faltava para a minha pergunta, sublimar é um mecanismo de defesa na psicologia. Acho então que faltava essa abordagem... Entro em um sebo daqueles dos bons no Centro de Niterói em busca de minha resposta, e lá está ela: SUBLIMAÇÃO - Mecanismo de defesa pelo qual a energia psíquica de tendências e impulsos inaceitáveis primitivos se transforma e se dirige a metas socialmente aceitáveis, isto é, o inconsciente desloca energia de certas tendências condenáveis ou inaceitáveis, para realizações consideradas "superiores". Dessa forma, as necessidades instintivas e os impulsos inaceitáveis encontram na sublimação uma "saída", um modo "normal" de expressão. Aquelas tendências e impulsos primitivos inaceitáveis - com finalidades por exemplo pessoais, egoístas, proibidas, "irregulares" - são transformadas e sua energia é dirigida a atividades digamos científicas, altruísticas, políticas, artísticas, etc., pelo mecanismo da sublimação. Vê-se que (ou deveria eu dizer MASCARA-SE) assim o indivíduo ao mesmo tempo elimina ou reduz possibilidades de perversão, de neuroses, de anormalidades psíquicas, por meio da sublimação encaminha sua atenção e sua potencialidade para realizações e criações positivas. Dessa forma têm-se desenvolvido grandes promoções sociais e culturais baseadas no trabalho de uma pessoa, e também especialmente é assim que aparecem muitos grandes vultos na ciência, na literatura, na religião, etc. Por isso, a sublimação é tida como o mais importante mecanismo do inconsciente para a vida normal do indivíduo (caraca!). Exemplo: um impulso libidinoso pode ser sublimado e dar ao indivíduo condições, interesse e sentimento estético para se transformar num grande músico; um impulso agressivo pode transformar um homem comum num ótimo pugilista, ou mesmo ótimo jogador de futebol. Nesses exemplos, a música (ou atividade artística) e o pugilismo ou futebol (também poderiam ser outras modalidades esportivas) são objetivos substitutos apresentados pelo processo de sublimação: vem substituir os objetivos "condenáveis" daqueles impulsos interiores. Aí me aparece uma criatura dizendo que está vivendo um romance com um homem religioso e que ela tem problemas nessa relação por ainda não ter sublimado o desejo de se casar ortodoxamente e me manda essa palavra? Quem será que não entendeu a sublimação, eu ou ela? Bom, voltando lá ao meu estudo, descobri que ao contrário de outros mecanismos de defesa, na sublimação os impulsos encontram saída por via artificial. O impulso original desaparece quando a sublimação se completa, porque a energia dele lhe é retirada, e encaminhada para o objetivo-substituto. Volto a dizer, devo ser realmente uma tola, burra, ignorante que não consegue compreender o que há de sublime nisso tudo. Segundo Freud, que criou o termo, a sublimação é responsável por muitas "das nobres aquisições do espírito humano". E eu, pobre mortal, com alma imortal digo que ou sou uma ignorante ou isso está muito além do meu entendimento. Concluindo a situação, depois de entender que Freud conseguiu transmutar algo sublime em algo, na minha visão, abominável, eu digo: VIVA YUNG! Nôra Shannon 04/12/2008

quarta-feira, 23 de maio de 2012

MERECIMENTO

Algumas pessoas costumam perguntar o porquê de não conseguirem alcançar seus objetivos, acreditam que são pessoas boas, que não fazem mal algum, alguns até se dedicam a espiritualidade e ainda assim não conseguem receber aquilo que tanto pedem. Não basta celebrar, ir aos rituais, a missa, ao culto, ou seja lá qual celebração que haja em sua religião. Não basta orar, não basta pedir. Para que o Universo ouça suas súplicas há de se ter ATITUDES diferenciadas, não adianta orar pelo que se deseja, há de se ter o coração puro, a sinceridade nas atitudes e não a obrigação da religião. O ato de estar freqüentemente em uma instituição religiosa não o favorece em receber as bênçãos que deseja. Há uma grande diferença entre fé e obrigação, porém algumas pessoas não percebem isso. Muita gente freqüenta lugares religiosos com um único interesse: receber bênçãos. A isso dou o nome de Fé interesseira. Em nenhuma relação você consegue alcançar seus objetivos se o sentimento que te move é o interesse, em uma relação amorosa por exemplo, basta que o “outro” perceba que o que move seu parceiro não é o amor, mas sim o interesse (seja ele qual for), que essa relação estará fadada ao fracasso. Na relação com o Divino não é diferente, a espiritualidade não aceita este tipo de atitude, na verdade abomina esta maneira de se relacionar. Há ainda aqueles que acreditam serem pessoas totalmente do bem, e vivem dizendo aos quatro cantos que não fazem mal algum, que são boas demais e que não compreendem como tantas coisas ruins podem lhe acontecer, ou o porquê de não serem atendidas pela espiritualidade. Porém, estas mesmas pessoas não percebem que não fazer mal algum, também significa não desejar, por exemplo, que seu chefe se ferre, ou que seu ex relacionamento se dê muito mal para que a pessoa se sinta “recompensada” pelo sofrimento que lhe foi causado no fim da relação, ou ainda que “as máscaras” dos outros caiam para que todos saibam como o “outro” é mal. Isso tudo é atitude negativa que gera algo extremamente nocivo no desenvolvimento do ser humano, algo que chamamos de RANCOR. Fomentar sentimentos negativos nos afasta das bênçãos espirituais. Há três tipos de atitudes que nos levam ao fracasso, ou ao sucesso: PENSAR, FALAR E AGIR. E para que se seja merecedor de bênçãos, nosso pensamentos, palavras e atitudes têm que ser coerentes. Se penso coisas negativas, mas falo coisas positivas e não tenho atitudes coerentes com minhas palavras, não tenho MERECIMENTO. Começamos a errar no pensamento, e isso já nos afasta as bênçãos, esse é o primeiro estágio do erro. Se penso coisas positivas, mas quando falo poluo minhas palavras com a negatividade (muitas vezes para ser aceito em um grupo ou por alguma pessoa, falamos coisas que não pensamos) e minhas atitudes não são coerentes com meus pensamentos, não tenho MERECIMENTO. A palavra é a ação do pensamento, e se erramos nas palavras, atingimos o segundo estágio do erro. Se penso coisas positivas, falo coisas positivas, porém se minhas atitudes são negativas, também não há coerência nisso, não tendo assim também alcançado o MERECIMENTO. Atitudes são marcas impressas de nossa vontade (ainda que esta não seja nossa absoluta vontade, é a atitude que contará no final das contas), e esse é o terceiro estágio do erro, e isso faz com que não se tenha MERECIMENTO. MERECIMENTO se alcança quando PENSAMENTO, PALAVRAS E AÇÕES são coerentes, e quando agimos com a espiritualidade de maneira espontânea, dando o nosso melhor, acreditando que tudo o mais se alcançará pelo mérito do amor e da fé verdadeira. Lembre-se, você pode esconder seu verdadeiro EU de todos durante muito tempo, porém não há um segundo em sua vida que você consiga enganar o Divino. Nôra Shannon – Abril 2012

Programação de JUNHO 2012 do Templo de Adoração a Grande Mãe

Ritual de Abertura de Caminhos - Maio

quinta-feira, 3 de maio de 2012

No próximo domingo estaremos realizando nosso RITUAL DE PROSPERIDADE, onde faremos uma poderosa e belíssima magia para que cada participante possa levar para seus lares a energia de abundância, fartura e prosperidade de Ceres. Não deixe de participar, compartilhe, divulgue, convide amigos para este momento especial.

terça-feira, 1 de maio de 2012

A todas as minhas relações:

sábado, 28 de abril de 2012

A medicina dos homens atua sobre o corpo físico, e muitas vezes é apenas um paliativo, visto que curam apenas as consequências físicas de males que muitas vezes são espirituais. Para que a cura seja estabelecida, há de se curar o Ser Espiritual. A cura se estabelece quando há mudanças na nossa personalidade manifesta, do consciente e do subconsciente. A cura espiritual segue a cura do corpo, visto que um é reflexo do outro. No ritual de Cura no Templo de Adoração a Grande Mãe, buscamos alcançar a cura esclarecendo a mente quanto a atitudes equivocadas, trazendo à luz e ao discernimento, fazendo com que o indivíduo reflita sobre suas ações e pensamentos. A cura prânica e o amor incondicional são fundamentais neste ritual. Encontre sua cura física e espiritual, venha participar de nossos rituais. Nôra Shannon (Dirigente do Templo de Adoração a Grande Mãe)

quinta-feira, 19 de abril de 2012

domingo, 4 de março de 2012

Atendimentos agora também em Niterói - RJ


A partir de Março/2012, estarei atendendo também em Itaipú - Niterói.

Sabat Mabon - 18 de Março - Domingo - 17:30h


Mabon marca o começo do Outono e a morte do Deus que está por vir.
A partir de Mabon, o Deus Sol começa a diminuir diariamente.
Ele está envelhecendo e morrendo lentamente, como as plantas colhidas da Terra. Ele doou todo o seu poder aos seres humanos através das colheitas.

Este Sabat é tido como o tempo de equilíbrio, gratidão e agradecimento, porque também é a segunda e maior colheita do ano.

Nesse momento dia e noite são iguais. É um tempo de equilíbrio e balanço, mas as sombras começam a dominar a luz. Isso está associado com o interior do chifre, um dos símbolos desse Sabbat, e contemplação da colheita.
Também é hora de meditar sobre os projetos, a escolha das “sementes” (nossos sonhos) que serão plantadas no próximo ano, além de agradecer pelas realizações do ano que passou. Agora, entretanto, temos de deixar que coisas não mais significativas possam ir embora de nossa vida, pois isso é o que nos oculta e impede de alcançar aquilo que queremos, e observar que cada coisa tem seu tempo e sua estação e o Inverno se aproxima.

É tempo de dar graças pelos frutos colhidos, e a Deusa é a Senhora de Abundancia cuja colheita nos sustentará pelos meses escuros do Inverno, assim como refletir sobre nós mesmos, sobre o equilíbrio da escuridão e da luz e se esforçar para manter o equilíbrio interno.

Este Sabat marca mudanças profundas, mudanças estas que nós mesmos escolhemos. Neste Sabat de Colheita, separamos as melhores sementes para nosso plantio futuro, é aqui, que fazemos nossas escolhas.

Venham celebrar conosco, sentir a energia dos Deuses e permitir que Eles façam a diferença em sua vida.

Informações: (21) 7229-5044 / 9229-7319

Contribuição - 15 reais

sábado, 3 de março de 2012

Tributo a Lilith - 2012- Homenagem ao Dia Internacional da Mulher


Dia Internacional da Mulher - Tributo a Lilith

08 de Março - 20 h

Não sou feita de um pedaço teu.
Sou criação independente
Feita do mesmo pó
E de saliva e sangue
Desejo a vida
Prefiro o exílio à submissão.

Sou teu maior temor
E também teu maior desejo,
Mas não pode possuir-me
Pois sou livre.

Não sou tua
Sou minha.

Eu sou a paixão da noite
Sorrateiramente apareço
Em teus sonhos ardentes,
Nas noites de Lua Nova.

Se permaneço ou sigo adiante
Não terás certeza,

Pois não sou caminho
Sou abismo
Sou mulher com asas

Meu desejo é a igualdade

De direitos
De prazeres
De ficar por cima

Sou mulher indomada,
Assumo o meu poder
Com destemor e força,
Entusiasmo e prazer.

(Fabiane Ponte)

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Convite para Inauguração da Nova Sede do Templo de Adoração a Grande Mãe



É com todo carinho que convido a todos, para a inauguração da nova sede do Templo de Adoração a Grande Mãe. Venham conhecer o novo Templo!
Será um dia de festa e alegria para todos nós.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

MUDANÇA - Templo de Adoração a Grande Mãe


Para melhor acolher a todos nós, o Templo de Adoração a Grande Mãe, a partir de 26 de Fevereiro, estará abrindo suas portas em novo endereço.

Ontem celebramos nosso último Ritual de Cura na casa antiga do Templo, agradecendo por todas as bênçãos que recebemos ali, por toda vivência que tivemos neste local mágico que nos abrigou durante estes últimos anos.

Toda mudança é dolorosa, e temos sim, um certo apego a esta casa, a esta terra que nos acolheu e presenciou verdadeiros milagres em nossas vidas, porém a mudança é necessária, para nossa segurança, para nosso crescimento. Se fez necessário um local maior, com uma estrutura diferente e com mais segurança, e visando o bem estar de todos, a mudança se efetua.

De malas prontas estamos, fechamos temporariamente para esta mudança, reabriremos as portas do nosso Templo, em uma nova Sede, no dia 26 de Fevereiro, e desde já, todos os amigos estão convidados para esta celebração, que se dará com uma festa cheia de alegria, magia e luz.

Feliz encontro, feliz partida para um feliz reencontro!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Sabat LAMMAS - 2012


Convido a todos para celebrar conosco o próximo Sabat: LAMMAS.

Este é o primeiro dos três Sabats da colheita. O Deus já dominou o mundo das trevas e agora passará por leves mudanças, seu poder está declinando com o passar dos dias. Por isso, o honramos e agradecemos pela energia dispensada sobre as colheitas.
O dia é comumente associado a Lugh, Deus Celta do Sol.
Lughnasad, que significa lamento para Lugh, associado ao velório de sua mãe. Na mitologia celta, ele é o maior dos guerreiros, que derrotou os Gigantes, que exigiam sacrifícios humanos do povo.
A tradição pede que sejam feitos bonecos com espigas de milho ou ramos de trigo representando os Deuses, que neste Sabat são chamados de Senhor e Senhora do Milho. Nesta data deve-se agradecer a tudo o que colhemos durante o ano, sejam coisas boas ou más, pois até mesmo os problemas são veículos para nossa evolução.
O outro nome do Sabat é Lammas, que se deve ao costume de se colher os primeiros grãos e fazer um pão que era dividido entre todos. Quando o verão passa, nós lembramos de seu calor e da abundância da comida que comemos. Cada refeição é um ato de harmonia com a natureza, e nós lembramos que nada no universo é constante. Devemos confeccionar um pão de milho em casa para o Sabat, é a tradição.
Como Lugh era um nome antigo, que significava o Deus sol, os dois títulos somam muito do significado deste festival. É um velório e uma celebração. Mas ainda um nascimento, o delicado início da colheita. O poder do Sol “penetra no milho”. Logo será ceifado, e assim renascerá “O Pão da Vida”. Nisto podemos ver as razões ocultas para o tempo do sacrifício.

Venha partilhar conosco o corpo do Deus.

Data: 04 de fevereiro
Horário: 20h
Local: Templo de Adoração a Grande Mãe
Rod. Amaral Peixoto km 25
Ponta Grossa - Maricá - RJ
(ônibus direto do Centro do Rio e de Niterói, parando na porta do Templo - tempo estimado de viagem do centro do Rio para o Templo = 50 min.)

Info: (21) 9229-7319 / 7229-5044 (Karyan)

Contribuição: 15 reais.

1º Ritual de Abertura de Caminhos de 2012

Workshop de Símbolos e Sigilos